Seguidores

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Esplanada tomada por mais de 70 mil na manifestação pacifica em defesa da família



No fundo, O suntuoso Congresso Nacional testemunhou uma manifestação eu fez lembrar os caras pintadas da  diretas Já com a Esplanada tomada de gente de todas as idades e credos
O primeiro objetivo era uma Manifestação Pacifica promovida também pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família Brasileira contra o kit gay, que já nasceu morto. Mas em virtude de outras ameaças, como a legalização da maconha e o desarquivamento do Projeto de Lei 122 tratando de forma totalmente desviada da verdade a questão da homobofia no Brasil, criou um clamor social, que segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Educação, 87% da população sente incomodada com estes temas e foram para as ruas de Brasília gritar em defesa do maior bem de uma sociedade, a instituição família.
O senador Magno Malta, presidente da Frente da Família foi o primeiro a falar para a grande multidão. “Não vamos aceitar a imposição da minoria. Temos eu respeitar todos, pobres, doentes, homossexuais, negros e qualquer cidadão com seus problemas merece respeito, mas não somos obrigados a ser ou aceitar modelos de costumes. Por isso, o MEC em vez de tratar a homofobia isolada, vai fazer uma cartilha contra os diversos preconceitos no Brasil, principalmente do rico contra o pobre”, disse Magno Malta, muito aplaudido.
Pastor Silas Malafaia, organizador do evento, deixou claro que Deus criou dois sexos, o terceiro é por conta das inconseqüências de alguns intelectuais. “Homem é homem, mulher é mulher, outro conceito não é de autoria da natureza divina é do homem com seus erros e falta de conhecimento”.
O deputado federal, Eros Biodini, da Canção Nova, da renovação carismática, ficou emocionado com a união de forças contra as ameaças imorais para desunirem a família. ”Vamos lutar, vamos acordar e vamos vencer com paz e amor a intolerância de desta minoria revoltada com o reação do Brasil de bem, da moral e dignidade humana. Basta de preconceito, todos merecem amor, mas dentro do cristianismo, seguindo o caminho de Deus”, frisou Eros Biondini.
De Vila Velha, Espírito Santo, uma grande comitiva marcou presença na Esplanada. Jovens e adultos oraram e cantaram com objetivo de pacificar a causa e mostrar para a minoria eu o preconceito vem do outro lado. “Fizemos uma longa viagem, já estamos voltado, mas foi muito bom assistir de perto da reação do povo brasileiro contra as tentativas de mudanças dos bons costumes”, disse Jorge Silva, membro da Missão da Praia da Costa.
Não foi registrada nenhuma confusão. Alguns homossexuais apareceram travestidos, mas não provocaram os participantes. O momento emocionante, quando o senador Magno Malta fez uma oração pedindo paz e compressão aos homens de boa vontade. “que pensemos no futuro dos nossos filhos, com certeza teremos dias melhores e mais confortáveis para a família brasileira.
 Após o Ato Público, o senador Magno Malta entregou 1 milhão de assinaturas ao presidente do Senado, ´Senador José Sarney.





video

Assessoria de Imprensa.
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário